Educação de Cubati comemora resultados positivos no IDEB 2021

Nesta sexta-feira (16), foi divulgado em âmbito nacional pelo INEP, o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação básica – IDEB referente ao ano de 2021. Na oportunidade, Cubati obteve crescimento pelo terceiro ano consecutivo (2017, 2019 e 2021).

De acordo com os dados, o município obteve 5,7 nos Anos Iniciais e 5,0 nos Anos Finais do Ensino Fundamental superando as médias de 5,5 e 4,9 respectivamente obtidas em 2019. Esses resultados colocam Cubati em 23º no ranking dos 223 municípios da Paraíba (Anos Finais) e 28º (Anos Iniciais).

O secretário de Educação, Aleksandro Moura, explicou acerca dos investimentos que vêm sendo realizados. “Essa evolução não é obra do acaso, desde 2017, a Secretaria Municipal de Educação com o incentivo da gestão municipal deu início a um trabalho de aperfeiçoamento das políticas públicas educacionais que envolvem valorização do magistério, reforço escolar e melhoria da proficiência em Português e Matemática com foco na Prova Brasil. Ano passado mobilizamos os professores, estudantes e pais de alunos em torno do Motiva SAEB que contou com o apoio da atual gestão para que obtivéssemos, novamente, êxito no desempenho alcançado. Conseguimos reverter e de forma consistente uma situação de baixos indicadores educacionais que nos afligiu até o ano de 2015. Graças ao trabalho árduo de todos que fazem a educação acontecer de verdade em todas as nossas escolas, colhemos os frutos de muito empenho e de muita responsabilidade. Que Deus possa nos iluminar para continuarmos superando, brilhantemente, tantos desafios”, ressaltou o secretário.

Para o prefeito Ribeiro, investir na educação é uma prioridade. “Desde a gestão do ex-prefeito Dudu Dantas, foi implantada uma política de valorização não apenas no magistério, mas em toda a pasta. Hoje, à frente do município, seguimos investindo e trabalhando para avançarmos cada vez mais. Ficamos felizes em saber que apesar dos anos de aulas remotas, o primeiro IDEB da nossa gestão foi positivo, acima do dia 2019 que já havia sido muito bom”, explanou Ribeiro.

 

COMPARTILHAR